Maria Fernanda

Quero brindar a arte, ao poeta, ao amor. Se fosse uma pintora, pintaria o sorriso do mundo em plena harmonia, a beleza das ondas do mar abraçando vivências, maestro de música delicada e forte, depende do jeito que se escuta. Olhar a grande tela da vida e constatar o surreal, que é essa beleza real que agraciados fomos em ter. Grito a liberdade de abrir mundos, lugares, pessoas, e nessa mesma liberdade brilha o sol, fica azul o céu e o mar. Esse oceano beleza que gera, que move, que traz e que leva. Me segura com seu jeito corajoso em teus braços, me pega de um jeito que a alegria se encaixe. Quero minha vontade de sentir essa audácia e jogar pra fora no teu ritmo, nas tuas asas, meu brinde. Obrigada a cada um que faz comigo a poesia mais linda desse mundo. A poesia da a m i z a d e! ♥ PS: Um brinde com suco de uva. ✿Maria Fernanda✿

o amor é um elo

terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

Brilhe por nós

Meu amor,
estive deixando o passado me guiar,
e todo esse tempo não percebi que cada dia exigia tanto
e tanto de mim para sustentar sua presença aqui como antes.
Estava ferindo minha alma e deixando meu coração em retalhos.
Estive procurando teu riso em minhas lembranças,
cada vez que encontrava algo que ferisse o meu dia, até que percebi que...
Todos os dias iremos encontrar algo que nos fira.
O orbe, apesar de redondo não é um caramelo
e nem um mundo de felicidades eternas.
Iremos com certeza nos magoar ou magoar alguém.
E não posso mover para esse tempo o teu tempo.
Agradeço pelo teu riso lindo que me ninou muitas noites de luar,
de estrelas e chuvas, enquanto a saudade alagava meus olhos.
Estive buscando algum sinal todas as vezes que fitava o céu.
Os nossos amigos queriam que eu percebesse
o que eu não queria entender.
E sabe? Ainda é difícil até pensar
que a vida que eu tenho
e que você tem agora são tão diferentes.
Você voa com estrelas e eu caminho na Terra.
Olho as lágrimas caírem sobre nossas alianças.
Junto as minhas mãos para lhe dizer que:
Agradeço por você ter vindo cuidar de mim,
e ter voltado para casa quando eu já tinha como ir em frente.
Eu lhe agradeço por ter sido um anjo em minha vida.
Nunca entenderemos os sinais
mesmo que todo o esforço seja feito.
Alcançaremos apenas o que precisamos naquele momento.
Eu precisei ter você comigo, e isso
era necessitar de forças para apenas seguir.
Olho o que eu tinha e vejo que sempre consegui caminhar
nessa complicada estrada.
Desde pequenina
carreguei mínimos pedaços de um mapa de mim
para completar um dia.
Então fui preenchendo em cada etapa vivida e
me surpreendi quando consegui
prestar atenção nos pequenos detalhes.
Carreguei a Fé desde sempre.
Porque nunca deixei de crer,
mesmo quando já não havia um naco se quer de esperanças.
Eu confiei mesmo sem ver
que havia amor até onde mais me feria.
Nunca é tarde demais para lhe dizer: siga em frente meu amor,
sempre irei ter você aqui de alguma forma.
Alice me disse que era o certo a fazer,
e eu acho que ela está certa.
Você sempre estará em meu coração
Eu te segurei aqui por dois anos
e você esteve comigo em cada segundo do dia.
Mas agora ache sua própria estrela, e
brilhe por nós de uma maneira que só você compreende meu amor.
Te verei em cada bondade que surgir diante dos meus olhos.
sei que a bondade reside em cada um de nós,
mesmo que às vezes esqueçamos por momentos
ou dias como é ser bom.
Minhas mãos sempre se juntarão
para pedir em nome do AMOR
esse real objetivo de se viver.
Ouço trovões lá fora,
talvez tenha sido permitido que você me dissesse
Até um dia...




:.ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:
Com amor eterno
M. Fernanda

Comunhão







Comunhão é o que posso afirmar,
desse ser tua que digo.
Dizem que é fome de pele,
eu digo que é fome de céu.
Basta tocar numa flor
O cheiro inspira amor
Pronto! Comungo CONTIGO.



Maria Fernanda

:.ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:

domingo, 26 de fevereiro de 2017

Teses


Agasalha seus sonhos em teses,
dedilha um violão em acordes e devaneios.
Caminha com passos cuidadosos,
a estrada é uma incógnita.
Não há pedidos,
nem desejos.
Há um sonho apenas,
aquele que não pôde ser realizado.




Maria Fernanda
:.ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

Nem a alma












Há tempestades lá fora,
há uma igual cá dentro.
Um tsunami de amor devastador.
E uma menina-grande
apenas observando
o desmoronar  do arco-íris.
Já não lhe assusta  os olhos
nem a alma.




Maria Fernanda
:.ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:


quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Ilusões







Um toque,
um olhar vagueava absorto.
A canção clássica principiava beleza,
amortecendo voos de asas insonháveis.
Quimeras talvez.
Notas suaves se faziam soar pelo ambiente,
e um coração machucado tocando em nadas.
Lágrimas caindo por sobre as ilusões de quem vive.




Maria Fernanda
.ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Êxtase







Inebriante...
os olhos fecham,
a boca murmura,
a vida sacode,
e a noite relaxa.
Viajo nessa loucura
de seguir e entender
que na imensidão
de qualquer êxtase
há um limite por fim.






Maria Fernanda
Imagem: De férias
:.ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

Serenata





Agarra o que restou
como prenda rara.
Na mirada olha o céu,
tesouro bonito.
Lá guardou fé e esperança,
tocou em estrelas
e se apaixonou pela lua,
a causa da loucura dos poetas.
Fez serenata e contou até três,
também fez três pedidos.
Pediu que o mundo encontrasse novamente
amor,
esperança
e bondade.
E uma chama iluminou uma estrela,
e bem suave escutou.
o sussurrar da brisa.





Maria Fernanda
Imagem tirada da varanda
:.ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

Mornos


Corre pensamento
em busca do que o agrade.
O tempo se faz estranho,
navego em suas asas
com o toque da brisa no rosto.
Tenho já saudades
do que foge entre meus dedos.
Exploro rotas que não conhecia,
navego por mares e marés,
sou vendaval em noites de lua cheia.
E sigo por ondas desiguais
desnuda de todas as coisas vãs.
Escolto os sonhos que embora acanhados
ainda que mornos fulguram
com traços de esperança.




Maria Fernanda
:.ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:

domingo, 12 de fevereiro de 2017

Corais


Vês como me encontras mar?
De alma contra o cais.
O oceano que em mim reside
escancarado como temporais
nas ondas dos meus cabelos,
que o emaranhado deixou
em cada toque presente
as tuas ondas beijou.
Fiquei feliz com o reencontro,
um encontro de iguais.
Eu menina plebeia de rua
e tu senhor dos corais.


Maria Fernanda
Imagem: Férias
:.ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:



sábado, 11 de fevereiro de 2017

Nobre













Nobre...
Une alma e querer
amarelo dourado,
mundo encantado
onde o passado
tenta sobreviver.
Na alcova do tempo,
em questão de momentos
no dorso da vida.
Há questões divididas.
Nobre...





Maria Fernanda
:.ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

E ela?






Colhe sonhos na calçada da vida,
imagina estrelas habitando metáforas.
Inquieta descreve as horas,
expectativa no tempo
sem tempo.
A menina colhe sonhos
como se cuspisse lantejoulas.
Eles brilham ainda,
mas e ela?
Remeda um coração em retalhos.






Maria Fernanda
:.ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

Duas poesias









Olho horizontes,
enquanto acomodo meus dedos
Pincelo com amor teu riso tímido,
teu olhos inquietos me buscam.
Meu riso e o teu
em sintonia,
duas poesias
presas no amor.






Maria Fernanda
:.ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:


terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

Brilho







No brilho que ofusca a noite,
no cantar do grilo,
na brisa que passa,
no cortina que veste a janela de incógnita,
no orvalho que penetra madrugadas
e embriaga essa cobiça,
queria ter asas para encontrar
as ondas certas do teu encanto.
Sem ser no pranto,
que sei enxugar.





Maria Fernanda
Imagem: Férias
:.ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:






sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

Multidão


A brisa vagueia por entre rostos,
meus olhos se perdem nessa multidão.
há uma busca quando tu te ausentas,
há pinceis colorindo rumos,
há saudades que penetram
esse coração ferido.
Há um ponto que não quer ser final.



Maria Fernanda
Nas férias

:.ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:


quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

Que nos uniu









No teu abraço me perco,
retenho  lembranças.
Mil e uma noites
e meus lábios murmuram.
Meu peito se cala,
guardo no cofre sagrado
O mais perfeito que posso ofertar.
Entre brilho de estrelas
como joia rara.
paz daquilo
que nos uniu um dia.




Maria Fernanda
 Representando
Felipe e eu

:.ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

Acolá





Olha a chuva caindo fininha
é tão profundo o que sente.
Junta as mãos para fazer uma prece.
Fita algo a mais na chuva
fita esperança.
Parte dela carecia disso
desse aconchego
desse contentamento interno.
Tão pertinho e tão distante.
Sabe? Precisava desse melhor
a alma agradecia e o coração serenava.
Mas um capítulo do dia se foi
Se dizia: é Fernanda foi muito proveitoso
e você continua  uma menina-grande
quando sonha com seu príncipe.
Isso vai muito mais além
do que você consiga entender.
São suas expectativas
seus sonhos alcançados nesse instante.
Então tudo parece cor- de- rosa
Ela se refugia na cama
pega um bloquinho
e vai acolá
No seu alcance.




Maria Fernanda
:.ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:


Felicidade







Aprendi
que não  precisamos cobiçar felicidade,
Precisamos percebê-la.
Você acha que é muito mais que isso?
Talvez o que devamos seja 
aprender a olhar o outro por dentro.
Porque o outro sempre carrega uma dor.
Qual o sinônimo de felicidade? Um deles é beleza.
O que pode ser mais belo que ser bom?
Dúvidas? Eu explico.
A bondade já traz consigo felicidade.
Existe algo mais precioso que afeição?
Continuo...
Observe o choro do planeta,
Ele é um vale de lágrimas.
Em cada esquina de todos os recantos do orbe
alguém precisa de um abraço,
sentir-se amado, ou acolhido.
Muitas vezes nem nos damos conta
Que lá no meio dos carros,
no sinal, existe um ser humano,
uma criança por detrás da estupidez
de pais alheios, insensatos,
da escolha muito errada de alguém.
Muitas vezes a opção dessas crianças
veio antes delas aprenderem a escolher.
Pela ausência de alguém
que já sabia o que é uma escolha.
Talvez seja uma anedota
Ver esse caos em volta de nós.
Sim, porque se fosse algo sério,
Não existiria corrupção para todos os desejos
de quem deixou isso acontecer.
Sem perceber que nós estamos sim,
sendo uma piada cada dia.
Por isso penso que
a felicidade é saber ser
pai e mãe, irmão e amigo.
Já dizia o grande mestre: “amai-vos uns aos outros”.
Não busco felicidade,
busco ser bondade.
Daí tudo se junta e
uma caminha na outra.
Isso é ser feliz de verdade.
Plantando sorrisos em bocas trancadas,
semeando amor em corações cansados.
Fazendo valer a preciosa vida
que Deus nos deu.
Essa é a verdadeira felicidade


Maria Fernanda

:.ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.: