o amor é um elo

quinta-feira, 11 de agosto de 2016

Você faz

Olho as pessoas,
Vejo a multidão.
Casais caminham e sorriem,
Me sinto feliz por eles.
Alguém me pergunta: Você está bem?...
Então eu percebo que me emocionei com a cena.
Enxugo os cantos dos olhos, sorrio e aceno que sim.
O tempo está passando,
Mas ainda brinca com minha saudade.
Vai precisar de muito tempo eu sei, para o remédio desse tempo me curar.

Então paro num café e o cenário parece ser nosso.
Eu digo comigo, desculpa Deus, insistir nisso.
Mas meu coração responde: insista até sarar.
Então alguém me abraça e diz: vamos, me dê um sorriso, quero um abraço de volta e uma alegria adiantada.
Porque se você não sorrir, meu coração fica triste.
Minha menina grande, raio de luz que iluminou nossa estrada.
Não perca tudo isso que você tem aí dentro, nunca querida.
Eu lhe respondo com lágrimas nos olhos, não perderei pai.
Hoje o céu ficou tão mais claro, hoje você e eu passeamos como pai e filha. Sabe? essa lembrança foi restaurada de um passado que não havia você.
Pai, você faz com que eu me sinta criança ainda, com seu carinho, atenção e amor. Você é o herói mais sonhado, que um dia aquela menina que fui desejou.
Eu pensei em momentos felizes ainda há pouco.
Mas esses momentos sempre se encontrarão.
Eu tenho tantos favoritos, uma família inteira graças a Deus.
Obrigada pai, por me tratar com toda essa dedicação e carinho.
Obrigada por ser meu Pai.

Maria Fernanda
10/08/16

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tenho olhado o tempo...
Quando estou tomando um café, ou na varanda.
Quando estou mergulhada nos livros, ou no trabalho.
Ele me diz: Paciência Fernanda.
Sim tempo, eu tenho paciência...

Fernanda Marinho
Ah posso pedir para me conhecer melhor?
Então vem aqui ó!

https://linguagem-miuda.blogspot.com.br/