Maria Fernanda

Quero brindar a arte, ao poeta, ao amor. Se fosse uma pintora, pintaria o sorriso do mundo em plena harmonia, a beleza das ondas do mar abraçando vivências, maestro de música delicada e forte, depende do jeito que se escuta. Olhar a grande tela da vida e constatar o surreal, que é essa beleza real que agraciados fomos em ter. Grito a liberdade de abrir mundos, lugares, pessoas, e nessa mesma liberdade brilha o sol, fica azul o céu e o mar. Esse oceano beleza que gera, que move, que traz e que leva. Me segura com seu jeito corajoso em teus braços, me pega de um jeito que a alegria se encaixe. Quero minha vontade de sentir essa audácia e jogar pra fora no teu ritmo, nas tuas asas, meu brinde. Obrigada a cada um que faz comigo a poesia mais linda desse mundo. A poesia da a m i z a d e! ♥ PS: Um brinde com suco de uva. ✿Maria Fernanda✿

o amor é um elo

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

Nem a alma












Há tempestades lá fora,
há uma igual cá dentro.
Um tsunami de amor devastador.
E uma menina-grande
apenas observando
o desmoronar  do arco-íris.
Já não lhe assusta  os olhos
nem a alma.




Maria Fernanda
:.ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:


11 comentários:

  1. Quando a alma já não se assusta é porque a tempestade é brava!
    Coragem!

    Um beijinho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ou talvez porque já estejamos acostumados a ela.
      "Lutando" ainda.

      Obrigada querida!

      Um beijinho

      Excluir
  2. É bom não ter medo de ser criança
    bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ser criança é ser eternos.
      Somos filhos de um Pai eterno e seremos sempre suas eternas crianças né?

      bj

      Excluir
  3. Respostas
    1. Oi moça linda que eu adoro.
      È a menina cresce cada dia, sabendo enfrentar os medos.

      beijinho Pi

      Excluir
  4. Quem já passou por um tsunami de paixões, cara amiga Fernanda, pode dizer que não passou a vida em vão. Um abração daqui do sul. Tenhas uma linda semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade Dilmar,
      eu carrego um tsunami no coração.

      Igualmente amigo do Sul

      Excluir
  5. Bom dia Maria Fernanda..
    muitos de nós estamos presos nesta tempestade que parece nunca ter fim..
    Quando a mente silencia encontramos a paz.. espero que a gente consiga isso o mais breve bjs e feliz dia

    ResponderExcluir

Tenho olhado o tempo...
Quando estou tomando um café, ou na varanda.
Quando estou mergulhada nos livros, ou no trabalho.
Ele me diz: Paciência Fernanda.
Sim tempo, eu tenho paciência...

Fernanda Marinho