Maria Fernanda

“Como os oceanos tinham níveis muito baixos de água, era possível caminhar do sul da Inglaterra até a França, e continuar andando. Se não fosse impedido por outros humanos, até chegar a Java”. (livro: Uma breve história do mundo). Então fico imaginando como há coisas a aprender na geografia de nossa história. Esse é um planeta que ainda retém riquezas que não se pode avaliar. Cada leitura vem repleta de abastanças... Repensar na crueldade do homem com tudo isso é o caos. Cada um fazendo a sua parte era utopia demais, e o quadro ficou exposto sem cuidado e a paisagem começa a borrar nas laterais, meio e... Fim? Eu suponho que até os primórdios já viviam a saga. Caminho em alerta. Descrever a fundo teria que exigir experiência. Tornasse nômade por descobertas. Amo o planeta, isso eu bem sei dizer. E cada dia vale o investimento porque pouco oferecimento não me move. ✿Maria Fernanda✿

o amor é um elo

quarta-feira, 26 de abril de 2017

O anjo



(Texto criado sábado, 26 de fevereiro de 2008)

Aquele que ela via na sua infância, não se perdeu, nem desviou o caminho quando ela não contava até dez.
Nas lembranças ela sentia a sua mão afagando sua face quando o frio da noite gelava a pontinha do seu nariz, ou quando a chuva molhava sua roupa e seu corpinho tremia de frio, ela sentia um abraço que esquentava sua alma, era ele, era ele!!!
O anjo era seu melhor companheiro, não importava as outras crianças rirem só porque ela falava sozinha, ela sabia que ele estava lá com seus cabelos encaracolados e sua roupa azul cor do céu, e aquelas asas que lhe fazia voltar para casa levando notícias da menina para Deus.








Um dia ela perguntou a seu amiguinho o que era um anjo da guarda.
Ele rapidamente lhe respondeu com as mãos suavemente em sua face: um mensageiro de Deus.
E Deus tem muitos mensageiros?
- Sim
E o que faz um mensageiro?
- Cuida.
Até quando?
- Até sempre!
Protege de tudo?
- Protege.
Então onde estão meus pais?
Fez uma carinha triste, depois passou a mão na cabeça da menina e lhe disse.
- Olhe para o céu, está vendo todas aquelas estrelas?
Estou.
- Deus as fez daquela forma para brilhar e iluminar a terra.
É?
- É.
- Quando você nasceu, ele te fez exatamente para o amor.
- Colocou no teu coração a certeza, a fé, a delicadeza, a verdade, a compaixão, a humildade.
E a pessoa que Deus cria assim, não tem pai e nem mãe?
- Alguns têm, outros não.
Por quê?
- Sabe o que é o livre arbítrio?
Sei, há dois caminhos, ser bom, ou mal.
- Exatamente!
Com tantas dificuldades você escolheu o melhor caminho, o do amor.
Mas eu não escolhi, ele já estava lá.
- Não, você semeou.
- Talvez tivesse sido diferente se tivesse uma cama quentinha, tudo fácil.
O que quer dizer tudo fácil?
- Aquilo que o homem mais procura, algo sem esforço algum.
Ah...
Porque eu te vejo e outras crianças não?
- Porque você acredita.
Então você sabe onde estão meus pais?
- Sei
Então vamos lá encontrar eles?
- Para tudo há seu tempo menina.
O que quer dizer isso?
- Que na hora certa você os encontrará.
E se eu crescer e eles não me conhecerem mais?
- Não se preocupe, o amor sempre acha o caminho.
- Por agora precisa dormir.
Tá, mas você vai ficar aí?
- Vou, sou seu anjo da guarda.
Então você é um guarda?
- Digamos que sim.
Mas os guardas da Terra têm armas.
- Mas os anjos também têm.
É?
- É.
Mostra-me?
O anjo então abriu os braços e a menina viu uma luz bem forte no seu coração.
O que é isso?
- Isso é amor.
- Esta arma desarma qualquer mal.
Então quero ter uma desta.
- Você já tem!
A menina sorriu e se aninhou nos braços do amiguinho.
Boa noite anjo.
-Boa noite menina!


:.ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:
M. Fernanda





26 comentários:

  1. Doce e terno teu texto.Tocante sempre!Lindo! bjs, chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada querida Chica
      Tu que és uma querida!

      Beijos.

      Excluir
  2. Oi, Fê!

    Sim, sempre soube!... Você é um anjo na Terra, cada vez que comenta e escreve "aqui" é um abraço seu repleto de amor!

    Beijos =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá menina linda!
      Toda semente de amor tem seu brilho.Porque luz atraí luz
      e vocês são estrelas
      que brilham na minha estrada.
      Obrigada pelo teu carinho
      tão meigo querida.

      Um beijão amore.

      Excluir
  3. Respostas
    1. Obrigada Francisco!
      O que me deixa muito feliz.

      Idem amigo.
      Beijão

      Excluir
  4. Oi Fernandinha
    Gostei de te ler,e o diálogo com o anjo é muito terno e doce.
    Tenho visitado pouco por conta do tempo que é pequeno,mas gosto de estar aqui contigo.
    Um lindo e feliz fim de semana,ok?
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Puxa Lis
      te ter aqui é raio de sol
      Amo que esteja aqui.
      Que assim seja minha amiga querida.

      Beijos

      Excluir
  5. Ia dizer que o teu Anjo deve ter muito pouco trabalho contigo ou eu não te considerasse anjo também. Dir-me-ás que somos todos anjos e eu te responderei que as asas de muitos não são tão brancas nem tão delicadas nem tão lisas.
    Gosto deste teu estilo tão coloquial, tão inocente, tão genuíno. Acompanhar-te, é perder-se um pouco na noite e voltar ao ventre dos TEMPOS!
    EAT!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Risos...
      Oh minha doce e querida Manu
      Tu és um derramar de ternura.
      Somos todos tão especiais meu amor
      o Pai do Céu é tão terno e bom conosco não achas? Fico feliz que te agrada anjo azul.
      Amei tua passada aqui é honra total.

      Obrigada meu amor.
      EAT

      Excluir
  6. Olá, seu dialogo é lindo, cada palavra toca-me o coração, seu dom na escrita é um encanto.
    AG

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu amigo´
      a grandeza de tua alma e a humildade bela, me faz agradecer o carinho com tanta alegria.

      Muito, muito obrigada!
      Beijinho

      Excluir
  7. Oiii!! Que belo texto, você tem muito talento!!! SUcesso pra vc!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Vanessa!
      Na verdade são realidades de vida.

      Beijão

      Excluir
  8. Tanta ternura num texto comovente.
    Eu acho que também tenho o meu Anjo da Guarda, às vezes penso que não, que ele nem se lembra de mim, mas eu sei que ele vela por mim em silêncio.
    um beijo muito grande
    bom fim de semana.
    :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Pi,
      É claro que tem!
      E ele nunca se vai
      apenas nos deixa livres pra que possamos fazer nossas escolhas.
      Mas com sua ajudinha também
      colocando na nossa mente as coisas boas para que possamos saber escolher.

      Um beijão.
      Boa semana linda

      Excluir
  9. Muito bom te ler, brava, guerreira, iluminada, amiga Fernanda. O mundo será um bom lugar para se viver quando todas as pessoas forem semelhantes a ti. Um abração daqui do sul do Brasil. Tenhas uma linda semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uau!
      Meu amigo Dilmar
      fiquei vermelha mas também lisonjeada num bom sentido.
      A alegria naturalmente que fazemos aos outros é proporcional a que sentimos. Tudo começa em nós sempre.
      A máxima do Pai é amarmos uns aos outros.

      Um abraço daqui do DF
      Tenha uma semana cheia de tudo de bom.
      Beijinho

      Excluir
  10. Emocionante texto! Tenho a certeza de que o teu anjo da guarda continua contigo...
    Uma boa semana.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Puxa Graça muito agradecida.
      Nossos anjos são sempre muito prestimosos e não nos deixam nunca.
      O seu também com certeza.

      Boa semana linda
      Um beijo bem estalado.

      Excluir
  11. Oi Fernanda, você tem a ternura de um anjo.
    É muito bom ler os seus textos.
    Tenha uma linda semana muito abençoada.
    Élys.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Élys
      e você a gentileza
      dos grandes amigos.
      Fico feliz que goste dos meus textos.

      Que a sua seja ainda mais que a minha querido.
      Obrigada
      Beijinho

      Excluir

Tenho olhado o tempo...
Quando estou tomando um café, ou na varanda.
Quando estou mergulhada nos livros, ou no trabalho.
Ele me diz: Paciência Fernanda.
Sim tempo, eu tenho paciência...

Fernanda Marinho