Amor sempre....

Amor sempre....
Caminho entre flores. O chão continuará pra nós com outras paisagens. Sou o que sou, porque é tudo que sei ser. E todo meu olhar escrito que você nunca aprendeu a ler, permanecerá no descaso para quem não compreende.

quinta-feira, 27 de julho de 2017

Mapa





Muita vezes
olhei para um céu de estrelas
e entendi a beleza que só o coração pode ver.
Muitas vezes a palma da mão é um mapa,
um mapa que basta saber conhecer.
Eu me descubro
na poeira das estrelas, na lágrima que cai
no abraço que aperta na medida que o amor necessita.
No beijo que toca suave o rosto de um bem querer.
Sentir é fazer o caminho quando os olhos não sabem vê.


M. Fernanda


3 comentários:

  1. Se o " Amor vem das estrelas" tu és a presença dele , com a dimensão da luz . Não voas em círculos , mas directa ao coração de que te le , de que te conhece .
    Obrigada , minha estrela !

    ResponderExcluir
  2. Se o " Amor vem das estrelas" tu és a presença dele , com a dimensão da luz . Não voas em círculos , mas directa ao coração de que te le , de que te conhece .
    Obrigada , minha estrela !

    ResponderExcluir
  3. Olá, começo pela linda imagem da paz que encanta, todos nascemos selvagens, ao longo do tempo absorve-se bons ou maus valores transmitidos pelos familiares, uns e outros estão nos extremos, o que absorveram. vão influenciar a vida futura de cada um, para bem ou para o mal, o texto é excelente.
    Continuação de boa semana,
    AG

    ResponderExcluir

Tenho olhado o tempo...
Quando estou tomando um café, ou na varanda.
Quando estou mergulhada nos livros, ou no trabalho.
Ele me diz: Paciência Fernanda.
Sim tempo, eu tenho paciência...

Fernanda Marinho
Ah posso pedir para me conhecer melhor?
Então vem aqui ó!

https://linguagem-miuda.blogspot.com.br/