Amor sempre....

Amor sempre....
Caminho entre flores. O chão continuará pra nós com outras paisagens. Sou o que sou, porque é tudo que sei ser. E todo meu olhar escrito que você nunca aprendeu a ler, permanecerá no descaso para quem não compreende.

segunda-feira, 18 de setembro de 2017

Sol


No ato da entrega uma regra: amar.
E se ama da melhor maneira possível, aquela que o coração precisou.
Imune, é tudo que não se consegue ser na humanidade de se querer tanto alguém.
E encaramos as possibilidades como um acontecimento, um encanto. Como as pétalas de flores, que se abrem dentro de uma possibilidade boa, e vai ser beleza aos olhos da sensibilidade.No meu jeito de amar, sol com vastidão e um céu azul caramelizado, eu fico sem jeito de dispensar essa guloseima, que é o que me faz ser o que sou.


M.Fernanda
Imagem: Minha

6 comentários:

  1. Lindo isso,Nanda! Adorei a mistura do caramelo com o céu...bjs, linda semana! chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Risos...
      Eu tbm Chica. Obrigada querida.
      Beijinho

      Excluir
  2. Quando amar é um encantamento, um júbilo, toda a Natureza está em sintonia e parece mais bela...
    Um belo texto. Uma boa semana.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida poetisa muito obrigada por seu carinho sempre.
      Beijinho Graça.

      Excluir
  3. Lindas palavras plenas de sensibilidade.
    Beijos.
    Élys.

    ResponderExcluir

Tenho olhado o tempo...
Quando estou tomando um café, ou na varanda.
Quando estou mergulhada nos livros, ou no trabalho.
Ele me diz: Paciência Fernanda.
Sim tempo, eu tenho paciência...

Fernanda Marinho
Ah posso pedir para me conhecer melhor?
Então vem aqui ó!

https://linguagem-miuda.blogspot.com.br/