Amor sempre....

Amor sempre....
Caminho entre flores. O chão continuará pra nós com outras paisagens. Sou o que sou, porque é tudo que sei ser. E todo meu olhar escrito que você nunca aprendeu a ler, permanecerá no descaso para quem não compreende.

quinta-feira, 26 de abril de 2018

Diariamente

Aleatoriamente um toque de poesia



Que o amor seja: tranquilidade,
harmonia, paciência, entendimento, caridade,
e respeito em todos os momentos de nossas vidas.
Que os momentos e suas provas sejam aceitos com resignação e humildade.
A paz é um bem a ser conquistado diariamente
e eu desejo de todo coração que cada um de nós
possa senti-la, mesmo quando não tivermos entendimento para percebê-la.
Que cada Mãe que gera com seu ventre, ou com seu "coração" um filho possa se considerar privilegiada, agraciada, e uma serva fiel do AMOR, porque compreendeu na íntegra o que o verdadeiro sentimento significa. Então com toda certeza posso dizer: não há diferença quanto a amar um filho do ventre ou do coração é um elo que se entrelaça no outro, uma mistura de sangue e de milagre, de coração e de Deus
porque é Ele quem conduz o coração ao amor
e aperfeiçoa no aprendizado daí,
tudo é aproveitado nos detalhes,
na inspiração, no que se faça.
Deus esclarece todas as dúvidas
e te dar o melhor em base para seguir.
Cada tarefa vem como arco-iris, mas, muitas vezes não estamos atentos para as cores.
Obrigada por meus filhotes meu Deus 🙏🏻


Texto e imagem:
M. Fernanda

Um comentário:

Tenho olhado o tempo...
Quando estou tomando um café, ou na varanda.
Quando estou mergulhada nos livros, ou no trabalho.
Ele me diz: Paciência Fernanda.
Sim tempo, eu tenho paciência...

Fernanda Marinho
Ah posso pedir para me conhecer melhor?
Então vem aqui ó!

https://linguagem-miuda.blogspot.com.br/