Amor sempre....

Amor sempre....
Caminho entre flores. O chão continuará pra nós com outras paisagens. Sou o que sou, porque é tudo que sei ser. E todo meu olhar escrito que você nunca aprendeu a ler, permanecerá no descaso para quem não compreende.

domingo, 8 de julho de 2018

A estrada é de cada um


Aleatoriamente um toque de poesia


O egoísmo trapaceia a humildade. Por que? 
Porque carregamos um ego muito grande. Tudo nos melindra.
Se a humildade, fosse mais requisitada e o egoísmo disciplinado,
não haveria desordem interior, mas precisamos da desordem para fazer nossas escolhas.
Como? Relaxando os laços da humildade.
Tudo isso é humano demais e a estrada é de cada um...


Imagem e texto:
M. Fernanda

10 comentários:

  1. Inspirado e lindo texto,Nanda! Gostei! beijos, tudo de bom, linda semana! chica

    ResponderExcluir
  2. "A estrada é de cada um"... E nela escolhemos os caminhos mas não as pessoas que se cruzam connosco…
    Uma boa semana.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  3. Precisamos sempre caminhar com o coração e a razão em harmonia.
    Lindo o seu texto.
    Hoje estou retornando de um tempo de descanso. Um grande abraço.
    Élys.

    ResponderExcluir
  4. E muito havemos de caminhar e por certo quanto mais andarmos mais estrada veremos ou seremos nada.
    Bom lhe ver Fernandinha.
    Abraços com carinho amiga na boa semana que lhe desejo.
    Beijo amiga.

    ResponderExcluir
  5. Tne razão, a eetrada é de cada um...
    UM bonito texto.
    Um abraço.
    ÉLys

    ResponderExcluir
  6. E assim dizia "Humano demasiadamente humano, o coração tem moradia certa..."
    Haja humildade querida Fernandinha para que um rei não se desenvolva na barriga.

    Carinhoso abraço.
    Que sua semana esteja leve e alegre.
    Beijo amiga.

    ResponderExcluir
  7. Olá Fernanda, td bem?
    Me desculpe a demora em visitar o seu blog. Adorei o texto, uma bela reflexão. Te desejo um ótimo fds!
    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Fê!
    Que saudade!
    A música, a leveza a inspiração! Tudo tão lindo - ainda e felizmente!

    Beijo grande! =)

    ResponderExcluir
  9. Olá, Fernanda!! Quanta verdade você coloca em poucas palavras, muito bonito, gostei demais.
    Saudades daqui, um beijo! Espero que você esteja bem.

    ResponderExcluir
  10. muito bem - quem assim diz sabe do que fala...

    gostei. deveras!

    beijo

    ResponderExcluir

Tenho olhado o tempo...
Quando estou tomando um café, ou na varanda.
Quando estou mergulhada nos livros, ou no trabalho.
Ele me diz: Paciência Fernanda.
Sim tempo, eu tenho paciência...

Fernanda Marinho
Ah posso pedir para me conhecer melhor?
Então vem aqui ó!

https://linguagem-miuda.blogspot.com.br/