Maria Fernanda

“Como os oceanos tinham níveis muito baixos de água, era possível caminhar do sul da Inglaterra até a França, e continuar andando. Se não fosse impedido por outros humanos, até chegar a Java”. (livro: Uma breve história do mundo). Então fico imaginando como há coisas a aprender na geografia de nossa história. Esse é um planeta que ainda retém riquezas que não se pode avaliar. Cada leitura vem repleta de abastanças... Repensar na crueldade do homem com tudo isso é o caos. Cada um fazendo a sua parte era utopia demais, e o quadro ficou exposto sem cuidado e a paisagem começa a borrar nas laterais, meio e... Fim? Eu suponho que até os primórdios já viviam a saga. Caminho em alerta. Descrever a fundo teria que exigir experiência. Tornasse nômade por descobertas. Amo o planeta, isso eu bem sei dizer. E cada dia vale o investimento porque pouco oferecimento não me move. ✿Maria Fernanda✿

o amor é um elo

domingo, 12 de fevereiro de 2017

Corais


Vês como me encontras mar?
De alma contra o cais.
O oceano que em mim reside
escancarado como temporais
nas ondas dos meus cabelos,
que o emaranhado deixou
em cada toque presente
as tuas ondas beijou.
Fiquei feliz com o reencontro,
um encontro de iguais.
Eu menina plebeia de rua
e tu senhor dos corais.


Maria Fernanda
Imagem: Férias
:.ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:ﮨﯝﮨჱﮨﯝﮨ.:



26 comentários:

  1. Olá Fê,

    Já ia saindo daqui quando vi esta postagem entrar. Mais uma linda poesia, com a sensibilidade que lhe é peculiar.Há (re)encontros escritos pela lei do amor e da afinidade.

    Beijão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Há sim!
      Você é uma querida Verinha.
      Obrigada moça!

      Beijinho✿

      Excluir
  2. Lindo mar e reencontro por lá! Bela foto! Ótima e linda semana! bjs, chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada querida Chica pelas vibrações de paz que emanas aqui.
      Linda semana para todos nós.

      Beijinho✿

      Excluir
  3. O mar, sempre tão belo, a ser cúmplice da nossa alma...
    Um belo poema!
    Uma boa semana.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito Graça.
      Agradeço com carinho.

      Boa semana!
      Beijos ✿

      Excluir
  4. Linda poesia tendo o mar como elememto importante de um reencontro.
    Tenha uma bela semana.

    ResponderExcluir
  5. Amar o mar é arrebatador e não importa se é plebeu ou rei.

    Um beijinho grato por este momento de poesia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não querida nunca importa...
      Onde existe amor
      a importância é sem importância.

      Um beijinho e grata por sua chegada.✿

      Excluir
  6. Cara Fernanda, estás a nos agraciar com mais um belo poema.
    Um abraço daqui do sul. Tenhas uma linda semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro Dilmar,
      Imensamente alegria fica esta sua amiga aqui, que bom que gostou poeta.

      Um abraço daqui do DF.
      Que a sua seja mais linda ainda.✿

      Excluir
  7. Linda inspiração moça!
    Uma ótima semana para ti.
    abração com carinho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Kunti,
      é um carinho de Deus nos meus ouvidos :-)
      Outro amiga✿

      Excluir
  8. Muito bonito o que escreveste! O oceano a mim acalma-me, gosto de olhar para o mar e pensar na vida. :) Beijinhos
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também gosto muito.
      Obrigada Inês.
      Beijinhos✿

      Excluir
  9. Gostei da fotografia e do poema e fiquei a desejar que venham as férias :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Risos...
      Sabe moça linda
      eu que cheguei mês passado delas, já queria voltar rsrrssr.


      Beijinhos✿

      Excluir
  10. Que lindo! O encontro da bela e do mar, e que belo poema resultou!
    Beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Risos...
      Tu sim é bela Taís.
      Obrigada moça.

      Beijinho✿

      Excluir
  11. Nao existe senhor nem plebeia. Existe um embalar na união. Da dor até à doce saudade suportável.

    Abraço grande

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Argos
      Meu amigo tão querido que falta fazes. Sim Argos dissestes bem.

      Saudades tuas amigo

      Excluir
  12. O Mar, eterna inspiração dos poetas.
    um poema belo e sensível como você
    boa semana.
    beijinhos
    :)

    ResponderExcluir
  13. Quando sabemos a origem das tuas palavras, a letras ganham mais tons!

    Beijão

    ResponderExcluir

Tenho olhado o tempo...
Quando estou tomando um café, ou na varanda.
Quando estou mergulhada nos livros, ou no trabalho.
Ele me diz: Paciência Fernanda.
Sim tempo, eu tenho paciência...

Fernanda Marinho