Maria Fernanda

Quero brindar a arte, ao poeta, ao amor. Se fosse uma pintora, pintaria o sorriso do mundo em plena harmonia, a beleza das ondas do mar abraçando vivências, maestro de música delicada e forte, depende do jeito que se escuta. Olhar a grande tela da vida e constatar o surreal, que é essa beleza real que agraciados fomos em ter. Grito a liberdade de abrir mundos, lugares, pessoas, e nessa mesma liberdade brilha o sol, fica azul o céu e o mar. Esse oceano beleza que gera, que move, que traz e que leva. Me segura com seu jeito corajoso em teus braços, me pega de um jeito que a alegria se encaixe. Quero minha vontade de sentir essa audácia e jogar pra fora no teu ritmo, nas tuas asas, meu brinde. Obrigada a cada um que faz comigo a poesia mais linda desse mundo. A poesia da a m i z a d e! ♥ PS: Um brinde com suco de uva. ✿Maria Fernanda✿

o amor é um elo

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

Porque somos

Esta é a data que eu jamais quero esquecer,
Momento único onde iniciamos o afeto.
Esta é a data que bordou meu coração com fios de amor eterno.
Momentos que sustentam a certeza.
Onde posso encontrar o caminho? Na luz dos teus olhos.
E tudo que reflito está diáfano.
O que posso dizer? Se tudo o que penso está em meus lábios em forma de riso.
Esta é a época de gritar minha felicidade.
Eu encontrei a roda do tempo, do amor, ela é firme como a rocha.
Contornando, revolvendo, tornando...
Eu posso tocá-la e você pode sentir.
É tudo o que cremos e se deu.
Esta é a nossa data meu amor!
Onde conduzimos nossa história, e conquistamos o troféu.
Temos uma família linda.
Cada busca foi preenchida, cada degrau e sua subida ainda exigem de nós um desígnio.
Mas sabemos como escolher.
Não estamos sós e não arriscamos nada.
O amor nos ilumina as ideias, porque estamos juntos, porque somos eu e você.

_______________

Fernanda

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tenho olhado o tempo...
Quando estou tomando um café, ou na varanda.
Quando estou mergulhada nos livros, ou no trabalho.
Ele me diz: Paciência Fernanda.
Sim tempo, eu tenho paciência...

Fernanda Marinho