Maria Fernanda

Quero brindar a arte, ao poeta, ao amor. Se fosse uma pintora, pintaria o sorriso do mundo em plena harmonia, a beleza das ondas do mar abraçando vivências, maestro de música delicada e forte, depende do jeito que se escuta. Olhar a grande tela da vida e constatar o surreal, que é essa beleza real que agraciados fomos em ter. Grito a liberdade de abrir mundos, lugares, pessoas, e nessa mesma liberdade brilha o sol, fica azul o céu e o mar. Esse oceano beleza que gera, que move, que traz e que leva. Me segura com seu jeito corajoso em teus braços, me pega de um jeito que a alegria se encaixe. Quero minha vontade de sentir essa audácia e jogar pra fora no teu ritmo, nas tuas asas, meu brinde. Obrigada a cada um que faz comigo a poesia mais linda desse mundo. A poesia da a m i z a d e! ♥ PS: Um brinde com suco de uva. ✿Maria Fernanda✿

o amor é um elo

domingo, 8 de novembro de 2015

Sono e sonhos...



Não chore, estou aqui não sofra
Quando precisar de força olhe para o céu, tudo se resolve quando Deus nos apoia com seu ombro, com sua bondade... Combata seus temores.
Por agora me deixe sentir nosso coração bater, estou tão em você quanto você também está em mim. O que une não é o sofrimento, mas a lembrança.
Pense, e eu estarei aqui, sinta e seremos plurais até que o firmamento e a terra compartilhem mais que você possa entender. Enxugue a dor, não a deixe molhar esse jardim que eu pude admirar e me apaixonar. Continuo te amando e sendo seu amor.
Escancare esse riso lindo, esbanje sua bondade, você é um facho de luz meu amor, agora digo com maior certeza. Quando se ama nunca se está só, porque carregamos o mais preenchido dos sentimentos. Viva seu tempo e espalhe o bem como sempre fez, é isso que alimenta o coração e esse alegra ao Pai.
Acorde agora e tenha coragem em nome do amor.
Estarei aqui sempre que precisar.
 
____________
Fernanda

4 comentários:

  1. Meu anjo!
    Não quero crer! Não pode ser! Será com o Filipe?! As lágrimas correm sem eu consentir . Fazes - me doer a alma na incredulidade de pensar que algo de muito cruel se passa ou passou contigo !
    Que posso fazer por ti? Diz, por favor!

    ResponderExcluir
  2. Meu anjo!
    Não quero crer! Não pode ser! Será com o Filipe?! As lágrimas correm sem eu consentir . Fazes - me doer a alma na incredulidade de pensar que algo de muito cruel se passa ou passou contigo !
    Que posso fazer por ti? Diz, por favor!

    ResponderExcluir
  3. Sim Manu o meu Lipe está num lugar maior.
    Meus olhos inundam também, estou sofrendo tanto...
    Mas confio em Deus e vou conseguir entender, sei que vou...
    Já está fazendo amada, tuas palavras são um balsámo, obrigada

    ResponderExcluir
  4. Minha querida netinha,
    Tal como a Manu, eu não queria acreditar que algo ruim pudesse acontecer com uma pessoa tão especial como você. O que aconteceu com o seu Lipe, meu anjo? E quando foi que aconteceu esta partida?
    Quero que saibas que do fundo de meu coração estou aqui sofrendo com você, mas sei que a sua fé e a sua tenacidade a farão encontrar um Amparo e um abrigo no amor destas crianças que são e serão sempre um elo entre vocês. Quem amamos não morre nunca, sei disto por uma dolorosa experiência, minha flor. Sabemos que a saudade persistirá para sempre mas também sabemos que nunca estaremos sós.. a presença de nosso amor é algo vivo em nosso coração e em nossa alma. Por vezes sentimos esta presença ao nosso lado e isto nos dá força e coragem para prosseguir.
    Que Deus te abençoe e proteja sempre, minha querida!

    ResponderExcluir

Tenho olhado o tempo...
Quando estou tomando um café, ou na varanda.
Quando estou mergulhada nos livros, ou no trabalho.
Ele me diz: Paciência Fernanda.
Sim tempo, eu tenho paciência...

Fernanda Marinho