Amor sempre....

Amor sempre....
Caminho entre flores. O chão continuará pra nós com outras paisagens. Sou o que sou, porque é tudo que sei ser. E todo meu olhar escrito que você nunca aprendeu a ler, permanecerá no descaso para quem não compreende.

terça-feira, 30 de janeiro de 2018

Por um instante

Aleatoriamente um toque de poesia


Ao longe em distantes paragens
onde os olhos conseguem “velejar”,
suspiro sobre a saudade.
Penso em ti,
onde a sensatez abraça a distância que nos separa.
Onde avalio alentos mais esclarecidos
que o egoísmo que me alcança.
Como o desejo de ver teu riso só por um instante,
entrelaçando o meu.

Texto e imagem:
M. Fernanda

6 comentários:

Tenho olhado o tempo...
Quando estou tomando um café, ou na varanda.
Quando estou mergulhada nos livros, ou no trabalho.
Ele me diz: Paciência Fernanda.
Sim tempo, eu tenho paciência...

Fernanda Marinho
Ah posso pedir para me conhecer melhor?
Então vem aqui ó!

https://linguagem-miuda.blogspot.com.br/