Amor sempre....

Amor sempre....
Caminho entre flores. O chão continuará pra nós com outras paisagens. Sou o que sou, porque é tudo que sei ser. E todo meu olhar escrito que você nunca aprendeu a ler, permanecerá no descaso para quem não compreende.

quarta-feira, 31 de janeiro de 2018

Particularidades

Aleatoriamente um toque de poesia


Particularidades, têm seus próprios padrões.
Enquanto corro os olhos nessa tela perfeita,
onde o AMOR passou sua mão e bordou maravilhas,
a simplicidade e a humildade em seu indizível tom.
Invisível aos corações apáticos pela estrada, ou pela passada de dor que atrofiaram dentro de si, sem chance nenhuma de perceber que ao passo de uma piscadela, temos a cura para todo mal. Basta saber olhar com calma o amor que grita até no cheiro das pétalas de uma flor.


Texto e imagem:
M. Fernanda

4 comentários:

  1. O inesperado que a vir a vida faz bela em regra perdemos dela à espera.
    GK

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim
      Deus está no aleatório é impossível o relativo prevê o absoluto.

      Excluir
  2. Bom dia querida!
    Sua visita é sempre um presente e uma surpresa incrível.
    Muito lindo teu texto reflexivo e imagem.
    Um grande abraço com carinho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia Kunti
      E a sua uma honra.
      Obrigada poetisa querida, saudades sempre tuas.
      Beijinho

      Excluir

Tenho olhado o tempo...
Quando estou tomando um café, ou na varanda.
Quando estou mergulhada nos livros, ou no trabalho.
Ele me diz: Paciência Fernanda.
Sim tempo, eu tenho paciência...

Fernanda Marinho
Ah posso pedir para me conhecer melhor?
Então vem aqui ó!

https://linguagem-miuda.blogspot.com.br/