Amor sempre....

Amor sempre....
Caminho entre flores. O chão continuará pra nós com outras paisagens. Sou o que sou, porque é tudo que sei ser. E todo meu olhar escrito que você nunca aprendeu a ler, permanecerá no descaso para quem não compreende.

quarta-feira, 30 de maio de 2018

Tudo bem!

Aleatoriamente um toque de poesia



Revi detalhes...
Refleti em começos,
em amor, fatos e um coração.
Visões, colisões,
 poeira na ampulheta que gira
sem nada registrar.
Milhas e milhas...
 ou será anos luz?
Preparo, percepção.
Atilamento sem alcance.
A luz enlevou-se, se fez ampla,
 energia no rumo do Céu.
Quem observou quase não viu o abstrato.
Por um momento ela oscilou
como se precisasse de um aceno
para brilhar em outro lugar.
Tudo bem!
Todos nós amamos você!
Brilhe meu amor!




Imagem e texto:
M. Fernanda

2 comentários:

  1. Na certa ela brilha por lá e está irradiando luz e amor pra vocês!😗😗

    ResponderExcluir
  2. Será uma estrela? Muito belo, o poema.
    Uma boa semana.
    Beijos.

    ResponderExcluir

Tenho olhado o tempo...
Quando estou tomando um café, ou na varanda.
Quando estou mergulhada nos livros, ou no trabalho.
Ele me diz: Paciência Fernanda.
Sim tempo, eu tenho paciência...

Fernanda Marinho
Ah posso pedir para me conhecer melhor?
Então vem aqui ó!

https://linguagem-miuda.blogspot.com.br/